Conheça as melhores distribuições Linux para 2023

Isso ocorre porque a maioria delas constrói e fornece seus próprios repositórios de pacotes. Você precisa estar ciente de quais distribuições oferecem o software que você precisa. Por exemplo, o Slackware não fornece a maioria dos pacotes de terceiros prontos para uso.

Então, é uma distribuição do sistema operacional bastante estável com diversas ferramentas de configuração de ambiente de desenvolvimento. A maioria dos programadores de nível profissional usam distribuições Linux diferentes para programar. Dessa forma, é preciso saber as especificações e os detalhes de cada distribuição. Apesar da ascensão do tablet, ainda há usuários https://mastahcpns.mn.co/posts/54109738 que possuem netbooks portáteis mais leves que fazem uso do Linux. O mesmo pode ser dito para máquinas mais antigas que podem receber uma nova vida. Descrevendo-se como uma distribuição Linux de “peso médio”, o MX Linux funciona perfeitamente, mesmo em PCs de baixo custo, e sua configuração inicial bastante mínima o torna um favorito entre os desenvolvedores.

Migrar para Linux não precisa ser um show de horrores – Diocast

Se você gosta das distribuições Linux rolantes (aqui estão algumas diferenças de versão fixa versus rolante), não precisa procurar mais. Sua instalação única é suficiente e toda vez que uma nova versão é lançada, você só precisa atualizar seus pacotes para alcançar a versão mais recente. Além https://www.ted.com/profiles/46596350 disso, o Fedora é fornecido apenas com componentes de código aberto, o que o torna uma escolha perfeita se você é um entusiasta de código aberto. O fórum e o Fedora Magazine são plataformas muito amigável para compartilhar seus problemas e saber como usar o Fedora e suas ferramentas.

Tails é uma distribuição Linux baseada no Debian que vem pré-configurada para uso com a Rede Tor. Tor é uma rede pública descentralizada que permite aos usuários enviar e receber tráfego através de vários relés. O conceito é simples – cada https://myparea.mn.co/posts/54109967 relé tem seu próprio endereço IP que oculta a localização original do usuário criando várias “camadas”. Isso é especialmente útil para indivíduos ou usuários preocupados com a privacidade em países que possuem governos opressivos.

– OpenSUSE

A maior dúvida de qualquer usuário de sistema operacional é a escolha da melhor distribuição a ser implementada em seu dispositivo. Isso por conta da grande infinidade de opções, especialmente quando estamos falando do Linux. Imagine, então, quem está chegando agora para conhecer o tux e todos os sabores dos mais variados tipos de sistemas. Assim, esta lista abaixo está longe de ser definitiva, uma vez que a escolha deve depender única e exclusivamente da finalidade para a qual o usuário quer um sistema operacional Linux.

Perceba que esses motivos têm foco em produtividade, uma característica importante do trabalho de um programador. Então, se você desenvolve no Windows, mas os outros ambientes não rodam esse sistema operacional, o seu script PowerShell só serve para a sua máquina. Como ele é um interpretador de comandos nativo do Linux, você não depende da instalação de um outro pacote só para rodar seus scripts em todos os ambientes, incluindo o de produção. Se você já pediu para instalar um interpretador para rodar seus scripts em linha de comando no ambiente de produção, você sabe o quanto pode ser difícil convencer o administrador do sistema. Com a introdução do Windows Subsystem for Linux (WSL 1 ou WSL 2), que nada mais é do que uma máquina virtual otimizada para rodar um sistema Linux dentro do Windows, esses emuladores perderam um pouco o sentido.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Scroll to Top